terça-feira, 30 de junho de 2015

Anthony Hoekema - imagem pervertida x imagem renovada

Para ser um pecador é preciso trazer a imagem de Deus – é preciso ser capaz de raciocinar, querer, tomar decisões; um cachorro que não possui a imagem de Deus, não pode pecar. O homem peca com os dons que o fazem semelhante a Deus.
Na verdade, o que torna o pecado humano realmente grande é o fato de que o homem ainda é alguém que traz a imagem de Deus. O que faz o pecado tão hediondo é que o homem está prostituindo dons tão esplêndidos. Corruptio optimi péssima: a corrupção do que é ótimo é a pior.
----------------------------------------------------------------------------------
O que acontece no processo de redenção é que o homem, que usava as faculdades que o fazem semelhante a Deus de modo errado, agora é capacitado de novo a usar essas faculdades de modo correto.


Fonte: Trechos extraídos de “Criados à imagem de Deus” da Editora Cultura Cristã.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Franklin Ferreira - Não há inferioridade ou subordinação entre as pessoas da Trindade

Considerando o ser de Deus, ou Deus em si mesmo, na eternidade, afirmamos que não há inferioridade ou subordinação entre as pessoas da Trindade. As distinções entre essas pessoas são relacionais, isto é, sempre houve um relacionamento pessoal na Trindade, uma relação marcada por comunicação e amor mútuo. O Pai sempre foi o Pai, e desde a eternidade teve consigo o seu eterno Filho. Nunca houve um tempo em que o Pai não tivesse seu amado Filho. O Pai e o Filho se amam tão intensamente, um amor eterno, que se revela na pessoa do Espírito, o vínculo eterno de amor entre o Pai e o Filho. O Espírito Santo é o transbordar do amor pessoal da Trindade: por meio dele, pecadores salvos são inseridos nessa comunhão de amor.

Esse ensino de auto satisfação divina mostra que, em Deus, não há nenhuma necessidade de acrescentar algo a si ou de criar algo fora de si para a realizaçãoo do amor que existe entre as pessoas da Trindade. Deus sempre foi, é e será amor, porque existe em três pessoas. No entanto, é importantíssimo enfatizar que, no próprio ser de Deus, sempre houve e haverá igualdade; pensar de outra forma e abrir as portas para algum tipo de subordinação entre as pessoas resultará em distorção do ensino bíblico.

Fonte: “Teologia Cristã” da Editora Vida Nova

segunda-feira, 22 de junho de 2015

John MacArthur - Religião-show


Afinal de contas, qual o benefício de um crescimento numérico que não está arraigado em um compromisso com o senhorio de Cristo? Se as pessoas vêm à igreja primariamente por considerarem isso divertido, em breve hão de abandoná-la, tão logo acabe o entretenimento ou tão logo encontrem algo mais interessante. Desta forma, a igreja é forçada a participar de um ciclo vicioso, onde precisa constantemente sobrepujar cada espetáculo com algo maior e melhor.

Fonte: “Com vergonha do Evangelho” da Editora Fiel

quarta-feira, 3 de junho de 2015

C. H. Spurgeon - A necessidade da oração

Você tem necessidades? Não. Então, temo que você desconheça sua pobreza. Você não precisa pedir a misericórdia de Deus? Nesse caso, que a misericórdia dEle lhe mostre a sua miséria! Uma pessoa que não ora é uma pessoa sem Cristo. A oração é o sussurro da criança conflitante, o grito do crente pelejador, o descanso do santo moribundo que vai ao encontro de Jesus. É a respiração, o lema, o conforto, a força, a honra de um cristão. Se você é um verdadeiro filho de Deus, há de procurar a face de seu Pai e viver no amor dEle. Ore para que neste ano você seja mais santo, humilde, zeloso e paciente. Peça a Deus uma comunhão mais íntima com o seu Senhor.

Fonte: “Leituras diárias – Volume II” da Editora Fiel