Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Quem descobriu o túmulo vazio de Jesus?

Imagem
Quem descobriu o túmulo vazio?Os quatro Evangelhos afirmam que foram mulheres as primeiras a descobrir o túmulo vazio de Jesus. Porém, cada evangelista apresenta uma versão diferente dos factos. Aquela agitada manhã Em primeiro lugar, diferem na hora em que tal aconteceu. Marcos e Lucas dizem que foi no Domingo de manhã, ao nascer do sol: «De manhã, ao nascer do sol, muito cedo, no primeiro dia da semana» – Mc 16,2; «No primeiro dia da semana, ao romper da alva» – Lc 24,1. João também diz que foi «no primeiro dia da semana», mas «logo de manhã, ainda escuro» (Jo 20,1). E Mateus diz que foi no Sábado à noite: «terminado o Sábado, ao romper do primeiro dia da semana» (Mt 28,1). A segunda diferença refere-se ao número de mulheres que foram ao sepulcro. Para João foi apenas uma: «Maria Madalena» (20, 1). Para Mateus, duas: «Maria de Magdala e a outra Maria» (28,1). Para Marcos, três: «Maria de Magdala, Maria, mãe de Tiago, e Salomé» (16, 1). E para Lucas, um grupo: «as mulheres que tinha…

B. B. Warfield - A palavra "mundo" em João 3.16

Imagem
Ele é, aqui, um termo não tanto de extensão quanto de intensidade. Sua conotação primária é ética, e o objetivo do seu emprego não é sugerir que o mundo é tão grande que é necessária uma grande quantidade de amor para abraçá-lo totalmente, mas que o mundo é tão mau que é necessário um tipo de amor grandioso para sequer amá-lo, e muito mais para amá-lo como Deus o amou quando lhe deu o seu filho.
Todo debate acerca de o amor aqui celebrado ser dado a todo e qualquer homem que está no mundo ou estar restrito somente aos eleitos que foram escolhidos no mundo, está, assim, fora do escopo imediato da passagem e não fornece qualquer chave para a sua interpretação. A passagem não foi concebida para ensinar – e, certamente, não ensina – que Deus ama todos os homens igualmente e visita a todos de modo semelhante, manifestando igualmente Seu amor; tampouco foi concebida para ensinar, ou ensina, que seu amor está confinado a alguns poucos indivíduos especialmente eleitos, selecionados no mundo.…

John Piper - O plano de Deus incluía o pecado desde o início?

Imagem
Fonte: YouTube

Augustus Nicodemus - Inerrância bíblica

Imagem
Ao afirmar que a Bíblia é inerrante, não estou negando que erros de copistas se introduziram em seu longo processo de transmissão. A inerrância é um atributo somente dos autógrafos, ou seja, do texto como originalmente produzido pelos autores inspirados por Deus. Muito embora hoje não tenhamos mais os autógrafos, pela providência divina podemos recuperar seu conteúdo, preservado nas cópias, quase que totalmente, através da ajuda de ferramentas como a baixa crítica ou a manuscritologia bíblica. -------------------------------------------------------------- Também não estou dizendo que os autores bíblicos receberam conhecimento pleno e onisciente acerca do mundo quando escreveram. Não creio em inspiração mecânica ou em ditado divino que anulou a humanidade dos autores. Eles se expressaram nos termos e dentro do conhecimento disponível em sua época. Assim, descrevem que o sol nasce num lado do céu e se põe no outro, ou ainda mencionam que o sol parou no céu, no livro de Josué. Em Levíti…